Slider

É fato, quando estamos doentes, ficamos fragilizados, sem chão, ficamos desorientados. Fica difícil realmente tomar decisões sérias, sendo até mesmo a mais séria de todas, muito difícil. É difícil escolher um médico. É difícil saber quem vai tomar conta da sua vida, quem vai ser o seu braço direito no pior momento de sua vida.
A decisão de escolher o médico certo passa por inúmeros julgamentos. Em tempos de redes sociais, posts midiáticos e marketing médico, fica fácil ser seduzido por um perfil de Instagram com uma pele linda, pessoas sorridentes, e ostentação. Já diria o ditado: “Nem tudo que reluz, é ouro”. Até na vida pessoal, sabemos que há pessoas que são felizes apenas em suas fotos. Assim acontece com profissionais de saúde, devemos abrir o olho. Devemos desconfiar de especialidades que não existem, especialistas sem especialidade, formados por cursos que não os preparam corretamente para cuidar dos seus pacientes.

Notícias

Vídeos