O Noroeste Fluminense é repleto de riquezas que, muitas vezes, são desconhecidas pelas pessoas. Um caso bastante ilustrativo é o Santuário das Aparições de Nossa Senhora, em Natividade. Todos os anos, milhares de fiéis de todas as partes do Brasil e do mundo vão ao local onde há fortes relatos de aparições de Nossa Senhora, mas é comum encontrar diversos moradores de Itaperuna, Porciúncula e até mesmo de Natividade que passam próximo ao Santuário todos os dias, mas não o visitam.
Se o fizessem, porém, teriam uma surpresa. O Santuário é conhecido por ter uma réplica perfeita e única no mundo da casa onde Maria viveu em Éfeso, na Turquia. Ela foi construída em 1974, pelo Dr. Fausto de Faria, para quem a Santa apareceu. 
Com estilo oriental e cúpulas arredondadas, ela é constituída de uma sala de visitas com cofre, onde pode-se ver a Cefas (pedra), que misteriosamente apareceu nas mãos do Dr. Fausto de Faria na terceira aparição, em 1967. No cofre, encontra-se a cópia do retrato falado original de Nossa Senhora, feito por Iraci do Nascimento e Silva. Na casa, há um quadro que traz as mensagens deixadas pela Santa, oratórios, sala dos milagres e a sala particular da santa. A poucos metros da construção, localiza-se o nicho construído no local exato das aparições. Nele, está a imagem em bronze de autoria de Matheus Fernandes, datada de 1969 e, defronte ao nicho, passa o regato onde Nossa Senhora apareceu. Há uma fileira de bicas para facilitar a colheita da água do regato pelos fiéis, que a procuram para fins milagrosos.
Aos que buscam conhecer melhor toda a história, o local possui um pequeno museu com vários recortes de jornais e revistas, documentos religiosos, declarações médicas, entre outros objetos que retrataram, ao longo dos anos, a trajetória de fé do Dr. Fausto de Faria e sua intenção de propagar a mensagem ditada a ele por Nossa Senhora, que se encontra espalhada pelo ambiente, por meio de faixas e placas.
O Santuário das Aparições de Nossa Senhora de Natividade costuma ser bastante frequentado em julho, mais precisamente no dia 12, quando tradicionalmente se comemora a aparição de Nossa Senhora em Natividade. Cerca de 30 mil pessoas, de acordo com organizadores, costumam visitar o local, que recebe missas e excursões. Mas está sempre de portas abertas a turistas e religiosos que desejam um local de paz e serenidade para refletir e rezar. 
Que tal conhecer?

Texto produzido em: 20/04/2017