Dr. Victor Hugo Aquino de Azevedo

Avanços da cirurgia plástica favorecem melhores resultados para quem busca aprimorar o seu contorno corporal.

Se o seu corpo fosse pintado em uma tela, para realçar a sua beleza, você confiaria em um desenhista amador ou em um artista minucioso, que sabe se portar como um verdadeiro artesão do belo? Essa é uma metáfora bastante pertinente para entender o trabalho do cirurgião plástico. Com a exigência cada vez maior das pessoas em ficarem mais jovens e mais bonitas, as técnicas cirúrgicas vêm avançando lado a lado com a tecnologia, favorecendo resultados bem mais naturais e com intervenções bem mais confortáveis e discretas.

É o que se pôde constatar, recentemente, com a realização do  XVI Simpósio Internacional de Cirurgia Plástica e II Body Contour (Curso Internacional de Contorno Corporal), em São Paulo, além da Jornada Paulista de Cirurgia Plástica, que trouxeram os principais nomes da cirurgia plástica do Brasil e do mundo para abordar os avanços que estão beneficiando homens e mulheres de várias idades.


Cirurgião plástico colombiano, Dr. Alfredo Hoyos possui renome internacional na lipoaspiração HD, que faz uma verdadeira escultura gordurosa de abdômen, potencializando o bom resultado

O cirurgião plástico Dr. Victor Hugo Aquino de Azevedo, que acompanhou de perto a chegada dessas novidades, falou sobre elas ao Mania de Saúde. “Esses palestrantes, de renome nacional e internacional, esgotaram os assuntos sobre o contorno corporal. Hoje, podemos dizer que ele não se restringe às regiões anatômicas de abdômen, mama, coxa e costas. O contorno corporal abrange todas essas áreas e também o resto do corpo, como nariz, face, orelha, pálpebra, pescoço etc. Praticamente toda a parte do corpo pode ser contemplada pela cirurgia de contorno corporal. Até a pele. Ela, inclusive, é tratada de uma forma especial, por ácidos, preenchimentos, toxina botulínica, cremes e esfoliantes. A pele propriamente dita é tratada separadamente, para que se tenha bons resultados em certas cirurgias, como o lifting facial, em que a pele deve ser preparada para a cirurgia e ter continuidade no pós-operatório, a fim de se obter o resultado ideal”, explica Dr. Victor. “Em termos de cirurgia, tivemos um processo de modernidade mais rápido e atualizado do que as cirurgias de um modo geral. Antigamente, por exemplo, fazia-se a plástica de face tracionando e ressecando a pele somente, mas o resultado era muito efêmero. Com a evolução, nós podemos hoje, através da técnica do SMAS-platisma, que é uma estrutura músculo-aponeurótica, fazer ressecções ou trações com plicaturas em alguns sentidos para reposicionar a parte muscular da face. Existem hoje tendências também de diminuir mais as incisões na pele para esse tipo de cirurgia, dando uma longevidade deste resultado”, exemplificou.

Outra inovação, segundo Dr. Victor Hugo, é vista na lipoaspiração de submento (abaixo do queixo), para dar um contorno mandibular ideal. Mas uma que tem chamado muita atenção diz respeito ao nariz. “O nariz é uma parte muito importante do contorno corporal. Antigamente, havia a técnica de Joseph. O objetivo principal, em cirurgias de rinomegalia (nariz grande), era somente a redução do nariz. Com o desenvolvimento, mudou muito essa filosofia. Atualmente, utilizamos enxertos cartilaginosos do nariz, da orelha ou muitas vezes da região costal, retirada da costela, não só para grandes reconstruções, como também nas cirurgias estéticas. Conseguimos elevar a ponta do nariz (ângulo nasolabial), bem como substituir as cartilagens alares, da asa do nariz, ou até mesmo crescer um dorso nasal. Em muitos casos, a gente tem uma ideia de nariz, achando que ele é muito desproporcional, mas às vezes você não precisa nem reduzir. Só com o jogo dessas cartilagens você consegue harmonizar bem, sem fraturar o nariz, pois só estava faltando um equilíbrio ponta-dorso. Além disso, a via de acesso para a cirurgia de nariz, na época do Joseph, era endonasal. Agora, se faz muito a via de acesso do Rethi, que é a incisão sobre a pele na columela e nas asas nasais, em que você levanta toda essa pele do nariz, ponta e dorso, mostrando uma anatomia nasal formidável”.

No simpósio, o renomado Dr. Nazım Cerkes, cirurgião de nariz da Turquia, mostrou como se transforma um nariz traumático ou sequelado com o uso de todas as técnicas possíveis, utilizando, em sua maioria, enxertos cartilaginosos e a via de acesso chamada denominada “a céu aberto”. Da mesma forma, nomes como Dr. Percy Oberg, Dr. Alan Landecker e Dr. Volney Pitombo destacaram novas técnicas nas cirurgias de contorno corporal. O famoso cirurgião plástico colombiano, Alfredo Hoyos apresentou ainda a lipoaspiração HD (high definition), fazendo uma verdadeira escultura gordurosa de abdômen, com exemplos de pessoas que praticamente se tornaram “saradas”. “Todo o aprendizado foi fantástico. Foram muitas as novidades. É o caso da cirurgia de prótese mamária. Hoje coloca-se muita prótese também naqueles casos em que a mulher precisa fazer redução de mama. Isso ajuda a combater a flacidez e dá resultados mais duradouros. Os avanços são enormes e isso resulta em um atendimento mais eficaz  ao paciente”, finalizou.

Texto produzido em: 23/06/2015