O calor está de matar e o sol está de fritar ovos no asfalto.
Se está quente para a gente, está para os animais também.
Se formos sair com nossos cães, na rua, então devemos ser muito cuidadosos. Podem até achar que é frescura, mas não é. Se o animal for andando sem proteção no calçamento ou no asfalto, pode queimar ou até arrancar os coxins plantares. Por isso existem meias antiderrapantes, sapatinhos e botas para cães saírem na rua.
Se o animal não se acostuma a andar com a proteção nos pés, então, só poderá sair de casa de manhã cedinho ou bem à noitinha, para evitar ferimentos e queimaduras. Se não puder, não sai.
Como aconteceu com um cara fortão, que ia todo arrumado ao sol de meio dia atravessando a ponte com o pobre do cão. Uma amiga passou, parou o cara e falou: tire o seu tênis e coloque o pé sem meia no chão, você aguenta? Não. Pois então pegue o seu cão no colo e leve-o até onde tem uma sombra.
No que o dono, com cara de culpado, obedeceu na hora e saiu com o bichinho pesado no colo.

Texto: 20/02/2017