Priscila Ferreira é guia nos passeios de escuna por Arraial do Cabo

Locais como as Prainhas do Pontal, Boqueirão e Pedra da Tartaruga fazem parte do roteiro turístico.

Uma das opções de lazer para quem visita Arraial do Cabo é o passeio de escuna. A aventura com quase três horas de duração leva os turistas às principais praias da cidade, com direito a duas paradas para mergulho. Vários visitantes deslocam-se para o píer da Praia dos Anjos para arrumar um lugar nas inúmeras embarcações que saem a todo instante.

Após o embarque, as escunas seguem para as Prainhas do Pontal, local da primeira parada. Depois de meia-hora, o roteiro da viagem indica o Boqueirão, lugar conhecido por formações rochosas conhecidas como Pedra do Gorila e a Pedra da Tartaruga. Adiante, as embarcações passam pela Gruta Azul e pela Fenda de Nossa Senhora. A segunda parada é na Ilha do Farol, praia que é reserva natural da Marinha do Brasil. Mais meia-hora para fotos e mergulhos até o retorno para a Praia dos Anjos, local do desembarque.

A auxiliar de convés Priscila Ferreira trabalha há três anos com turismo em Arraial do Cabo e não se cansa de ver as mesmas paisagens todos os dias. “Não posso reclamar do meu trabalho aqui. É um prazer poder trabalhar admirando a natureza, conhecendo pessoas de todo o Brasil e de vários lugares do mundo”, afirmou a guia que também tem um emprego na área de saúde. “Durante a semana trabalho com doenças e pessoas enfermas e aos finais de semana trabalho com vida e natureza”.
Além de apresentar as belezas naturais aos turistas, Priscila destaca a importância de fazer o trabalho de conscientização sobre a preservação ambiental. “Arraial do Cabo é um dos lugares mais bonitos que conheço, e por isso mesmo precisa ser mais bem preservado. Sempre conversamos com os visitantes para não deixarem o lixo nas areias e também para não lesarem a fauna e a flora. A gente faz o que pode para manter este paraíso em bom estado”, concluiu.

Texto produzido em: 20/01/2015