Dra. Ana Pellegrini acaba de chegar de mais um congresso de dermatologia, realizado em São Francisco, Califórnia, no final de março. Este é o principal congresso anual da especialidade nos EUA, onde os dermatologistas ficam sabendo de grandes novidades. Já é conhecido o uso de instrumentos em forma de rolos com várias microagulhas acopladas (“Dermarollers”) que produzem micropuncturas na pele, o que estimula a produção de colágeno no momento da cicatrização, suavizando, com algumas sessões (3 a 5), a textura da pele, cicatrizes de acne, rugas finas, estrias. Um up-grade para os “Dermarollers” é a Dermapen, uma caneta eletrônica também com agulhas descartáveis onde podemos regular a profundidade que as agulhas irão atingir, e a velocidade com que isso ocorre. Já utilizo desde que foi lançada no congresso europeu de dermatologia em Lisboa- Portugal em outubro de 2011, com bons resultados. Outro tipo de procedimento que promove as micropuncturas são as tecnologias a laser, o erbium e o Co2 fracionados, tendo como vantagem a ação térmica que produz, havendo portanto um resultado superior. A questão é que apresenta várias restrições para não haver pigmentação posterior dessa pele, como por exemplo: pele bronzeada, fototipo alto (pele negra) e melasma. A novidade que esta sendo espalhada no mundo todo é a aplicação de medicamentos tópicos logo após as micropuncturas serem feitas na pele, pois penetrariam nos orifícios e agiriam diretamente na derme. Isso está sendo chamado de “Drug dellivery” O objetivo seria a potencialização dos resultados para as indicações já citadas anteriormente, e para clareamento também das “manchas” de difícil tratamento como o melasma. A aplicação desses medicamentos tópicos logo após as micropuncturas pode ser feita após os lasers Erbium e Co2 fracionados, ou após os Dermarollers ou a Dermapen. A vantagem do “Drugdellivery” após as micropuncturas sem a tecnologia a laser é o pós procedimento muito mais leve e bem menos dolorido e poder ser indicado para as cicatrizes de acne, rugas finas, estrias e melhora da textura da pele em pacientes com pele bronzeada, pele negra e pele com melasma. A desvantagem das micropuncturas sem a tecnologia a laser é a necessidade de mais sessões para se ter um bom resultado em comparação a tecnologia á laser por essa última apresentar uma importante ação térmica.

Texto: 20/03/2015