Dr. Bruno Gazire

Cirurgião plástico Dr. Bruno Gazire revela, aos nossos leitores, os segredos de um dos procedimentos mais buscados dentro de sua especialidade.

A busca por um rosto ou um corpo mais bonito tem levado cada vez mais pessoas aos consultórios de cirurgia plástica em todo o país. Hoje é muito mais fácil corrigir aquele problema que incomoda há algum tempo ou até mesmo trazer uma melhora para a aparência. Um dos procedimentos mais procurados no ramo da cirurgia plástica atualmente é o facelifting. Sobre isso conversamos com o médico cirurgião plástico Dr. Bruno Gazire.

Mania de Saúde – Conversamos da outra vez sobre o lifting corporal, e agora vamos falar sobre o facelifting. Ele parte da mesma premissa de remodelamento?

Dr. Bruno Gazire - O lifting facial é um remodelamento do rosto e não um rejuvenescimento facial. É comum as pessoas confundirem. O facelifting tem como meta remodelar o chamado triângulo da beleza da face, situado no terço médio da face. Com o tempo, a região das bochechas tende a cair, então é comum as pessoas pensarem que se trata de puxar a pele e isso não é verdade. Quem mais procura este tipo de cirurgia são as mulheres a partir dos 45 anos, mas elas precisam saber muito bem que o lifting não é um procedimento para melhora da pele em si. Para isto existem várias outras técnicas desde o laser até os mais variados tipos de peeling. O lifting até melhora um pouco, porque retira o excesso de pele e dá uma aparência melhor, mas a sua maior função é trazer melhorias da região do pescoço até as bochechas. A procura dos homens pelo lifting facial também tem aumentado consideravelmente, embora um pouco mais tardiamente, na faixa dos cinquenta e cinco anos. 

Mania de Saúde – Como é o pós-operatório?

Dr. Bruno Gazire - A duração da cirurgia é de cerca de três horas em média. Se tudo correr bem, o que o paciente sente no pós-operatório é o edema facial, que é um pouco de inchaço e as equimoses, áreas que ficam roxas. Se não houver problema nenhum, entre dez e vinte dias já se percebe uma melhora razoável. Mas não se pode pegar sol entre três e seis meses, dependendo de cada caso. Há uma série de cuidados que se deve tomar. 

Mania de Saúde – Existe algum tipo de contra indicação para o facelifting?

Dr. Bruno Gazire – Isso é controverso. Para mim, tabagismo é uma contra indicação pelo menos relativa. Alguns professores dizem que operam fumantes sem problemas, mas o uso do cigarro atrapalha muito porque aumenta bastante o risco de necrose da pele, porque diminui o fluxo sanguíneo da microvascularização. 

Mania de Saúde – Como tem sido os resultados?

Dr. Bruno Gazire – Muito bons. Dependendo da pessoa, pode ter uma flacidez grande da musculatura do pescoço, chamada platisma. Então se pode fazer uma pequena incisão no queixo e ainda fazer a sutura do platisma, que dá um resultado ainda melhor para o pescoço. O pescoço e a região média da face ficam ótimos. A técnica em si não alterou muito. O que mudou foi a forma de usá-la, hoje se tenta fazer de uma forma mais natural, menos agressiva. 

Texto produzido em: 14/08/2015