Inovação é uma palavra cada vez mais em voga no ramo da tecnologia. Mas, em Campos, ela ganha ainda mais sentido no trabalho do Censanet. Ao completar 21 anos de existência em 2017, a empresa celebra uma trajetória de conquistas que reverberam tanto no âmbito local quanto no nacional, além de estar repleta de novidades que irão expandir seu leque de atuação no mercado e dar ainda mais qualidade de internet para os clientes.
Basta citar que, este mês, o Censanet começa a disponibilizar planos de alta velocidade, partindo para internet de 35 e 50 megas, ampliando a sua atuação nas linhas de acesso. Além disso, a empresa está bem próxima de cobrir todo o município de Campos com sua rede de fibra ótica, como revela, ao Mania de Saúde, o Dr. Euclydes Vieira Neto, Diretor Executivo do Censanet. “No ano passado, investimos bastante na parte de implantação da nossa rede de fibra ótica. Cobrimos 100% de Guarus e, do lado de cá, já estamos com 70% do município coberto. É um investimento forte em cima da nossa rede de fibra ótica, que tem levado internet de alta qualidade a inúmeros clientes. Agora, vamos oferecer planos de 35 e 50 megas, provendo uma performance ainda maior”, conta Euclydes. “Firmamos também uma parceria com a Telebras, que já está ativa. Com isso, fazemos parte da rede de backbone da empresa. Essa rede atravessa o Brasil e nós trouxemos um ponto deles para dentro do Censanet. Todo serviço que a Telebras vai prover pode agora sair daqui, beneficiando, por exemplo, instituições públicas, empresas e entidades que tenham contrato com a Telebras, sejam elas de Campos ou de municípios vizinhos. Os equipamentos da Telebras estão dentro do nosso datacenter”, explica Euclydes. 
Essa integração à rede, no caso do Censanet, favoreceu os próprios clientes da empresa, conforme ressalta o diretor. “Com essa parceria, estamos ligados por uma fibra ótica direto ao PTT do Rio de Janeiro, que é um Ponto de Troca de Tráfego. Trata-se de um datacenter, onde estão todos os conteúdos, como Google, Yahoo, Netflix etc. Sendo que o Censanet já tem uma conexão em fibra ótica com o PTT em São Paulo. Qual é a finalidade disso? É fácil entender. Quando você acessa o Google, por exemplo, em vez de ir lá na nuvem para acessá-lo, você vai direto nesse datacenter, por meio da fibra ótica. Então, a performance é muito melhor. A sensação de uso é bem mais rápida. Isso dá uma qualidade ainda maior para o nosso cliente”.
Outro lado forte que o Censanet está trabalhando é o desenvolvimento de aplicativos. A empresa já tinha sido pioneira ao disponibilizar para o público, há alguns anos, o acesso em tempo real a câmeras em vários pontos da cidade de Campos, no próprio site do Censanet. Essa expertise agora está disponível também em um aplicativo para celular. E o know-how adquirido com esse trabalho pretende gerar novos serviços, como finaliza Euclydes. “Nosso trabalho, para 2017/2018, é entrar forte na internet dos dispositivos móveis. Hoje, por exemplo, você tem uma câmera na sua casa e quer acessá-la pelo celular. Já existem fabricantes de câmera que possuem aplicativos para isso, mas não é uma experiência plug & play, nem garante o acesso rápido e instantâneo. Quem conhece nosso monitoramento sabe que é muito diferente. Por isso estamos partindo para oferecer esse mesmo sistema a empresas e condomínios. Eles selecionam as câmeras que desejam disponibilizar para o condômino e este, ao entrar com login e senha, vê a casa dele. Algumas empresas fortes no Brasil, na área de monitoramento, já estão nos procurando e isso vai acabar se expandindo para outros tipos de serviço interconectados”.
O Censanet atende pelo telefone (22) 2726-2726.

Texto produzido em: 27/06/2017