Recentemente, cientistas apresentaram no Congresso Europeu de Obesidade, em Portugal, um estudo que afirma que pessoas obesas, mesmo não apresentando sinais de problemas cardíacos, diabetes ou colesterol alto podem desenvolver doenças ao envelhecerem. Estar em dia com a balança deixa de ser uma questão estética para se tornar um problema de saúde pública. O processo de emagrecimento pode ser penoso, mas já pensou se isso pudesse ser feito em grupo? 
A nutricionista Natanna Werneque transformou esse pensamento em realidade. Formada pela Faculdade Redentor, ela conta que aquilo que mais ama em sua profissão é poder ajudar as pessoas a encontrarem o seu melhor, a se redescobrirem através de novos hábitos. “Para isto, trabalhamos com realização pessoal tendo como ponto de partida dois itens importantes: saúde e autoestima. No INNI (Instituto de Neurocirurgia e Neurogeriatria de Itaperuna), construímos correntes do bem através de grupos de emagrecimento consciente, o qual chamo Ser Magra. Este projeto é o que tem feito meus olhos brilharem. A missão dos grupos é transformar vidas através de informações concisas sobre alimentação, nutrição e mudanças de hábitos de vida, mas, especificamente, tenho como objetivo ajudar mulheres que já tentaram várias formas de eliminar peso sozinhas e não obtiveram resultados, não conseguem se manter motivadas no processo de emagrecimento, vivem deixando a saúde para depois devido a sua dupla jornada no mundo contemporâneo, pois são mães, esposas, do lar, empregadas, empreendedoras, entre outras funções, que colocam tudo e todos como prioridade. Por conta disto, na grande maioria das vezes, elas acabam esquecendo a sua própria essência, o que não é diferente com a saúde. Quando se unem, começam a ‘emagrecer suas mentes’, pois o emagrecimento precisa iniciar com mudanças de pensamento e comportamento. E, no grupo, elas podem contar umas com as outras, auxiliando-se num processo de emagrecimento mais simples e eficaz”.
O projeto Ser Magra envolve ainda profissionais de outras áreas de extrema importância no emagrecimento, como psicólogos e educadores físicos, afirma Natanna. “É isso que possibilita a total transformação no estilo de vida, garantindo assim os resultados desejados, metas que as próprias participantes traçam para si. A cada encontro são trabalhados temas relevantes ao emagrecimento sadio e possível, além da degustação de pratos saudáveis, jogos motivacionais, ferramentas de coaching (processo que auxilia a evolução pessoal), colaborando para o autoconhecimento e esclarecimento de tais metas. Outro método são as rodas de compartilhamento de experiência, além de muitas surpresas que elas adoram. Cada grupo é único e planejado de acordo com as participantes, que são selecionadas através de entrevista específica, onde todas têm necessariamente o mesmo perfil. A partir disto, o grupo se torna ‘uma só pessoa’. O tempo de duração, quantidade e frequência dos encontros são determinados de acordo com o perfil do grupo. E, desta forma,  cumpro a minha missão, colaborando com a transformação física das pessoas, modificando mentes e vidas. Sem dúvidas esta é a paixão que me move a todo instante”.

Texto produzido em: 20/06/2017