Dra. Cássia Teixeira

Ter um corpo bem definido é um sonho de inúmeras pessoas. Não é à toa que as dietas sejam um assunto sempre em voga, principalmente num país onde mais da metade da população se encontra acima do peso. Às vezes, no entanto, a malhação e a perda de peso não resolvem o problema. Em inúmeras situações fica ali, incomodando, aquela gordurinha localizada. É por isso que a Criolipólise anda tão em alta em Campos e no resto do Brasil, principalmente entre o público feminino.

O método, que usa baixas temperaturas para acabar com a gordura localizada, fazendo as células de gordura serem congeladas a temperaturas negativas para serem destruídas pelo próprio corpo, já virou assunto comum até em salas de espera, como constatou a própria equipe do Mania de Saúde em consultórios de médicos e dentistas da cidade.

Mas a mulherada, além de demonstrar grande ânimo pelo tratamento, vem demonstrando preocupação em onde e com quem fazê-lo, já que elas pretendem investir parte do seu tempo e dinheiro e querem, portanto, obter os melhores resultados.
Atento a esse desejo do público, o Mania de Saúde ouviu a Dra. Cássia Teixeira, que já se tornou referência na região quando o assunto é Criolipólise. Segundo ela, alguns cuidados podem ser tomados para fazer a melhor escolha. “O sucesso dos resultados da Criolipólise está relacionado com a qualificação e experiência do profissional, a escolha do equipamento, da manta térmica com registro da ANVISA, excelente avaliação e indicação correta do tratamento, tratamentos associados pós-criolipólise e associação à prática de hábitos saudáveis, tais como: atividade física aeróbica, ingestão de água em intervalos curtos durante 24h e alimentação balanceada. Informar-se e seguir as orientações do especialista é fundamental”, afirmou.

A Criolipólise, de acordo com Dra. Cássia, é aprovado pela FDA (Food and Drug Administration) e ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) para a redução da gordura localizada e provou ser um tratamento seguro e eficaz, desde que haja toda essa orientação do profissional especializado. “Só ele fará a indicação adequada ao tratamento”, lembra Dra. Cássia. “Todo procedimento envolve riscos quando não é realizada uma avaliação adequada que defina quais os tratamentos o paciente pode ser submetido com segurança. Também vale ressaltar que profissionais não capacitados não possuem habilitação técnica para avaliar o paciente, nem para manusear determinados aparelhos. Esse é o principal risco de um procedimento estético. Entre as complicações de um procedimento equivocado estão queimaduras, alergias e resultados inestéticos”.

Conforme explica a Dra., que é fisioterapeuta dermato-funcional, avaliar o estado de saúde da paciente antes de qualquer procedimento é primordial, já que a coleta de informações a respeito do estilo de vida, principalmente quanto à alimentação e exercícios físicos, além de fatores como, por exemplo, a utilização de Dispositivo Intra-Uterino (DIU) ou próteses metálicas, como marca-passo, faz muita diferença. “Cada tratamento possui uma lista especifica de indicações e contraindicações. Daí a necessidade do especialista. É bom frisar que, normalmente, não há mínimo de tempo de inatividade após o tratamento. Os pacientes podem sentir dor ou desconforto temporário. Os efeitos colaterais podem incluir vermelhidão, hematomas, inchaço, sensibilidade ao toque, dores, formigamento e dormência. Esta pode persistir várias semanas após o procedimento. Durante a avaliação, o fisioterapeuta especialista em dermato-funcional pode falar mais sobre o que esperar durante e após o tratamento. É preciso também ficar de olho em tratamentos muito baratos e também evitar “pacotes” inespecíficos, pois estes tendem a aumentar os riscos por não serem individualizados para cada caso. O ideal é sempre buscar informações sobre os equipamentos utilizados, já que existe uma grande variedade de tratamentos à disposição. As orientações pós-procedimento também devem ser dadas de forma clara e explicativa pelo profissional que os realiza. Baseando-se em conhecimentos de pessoas não capacitadas e em protocolos sem qualquer base científica, as combinações têm sido feitas e os resultados tem sido desastrosos, com uma infinidade de efeitos adversos e algumas lesões graves. A dica é investir em tratamentos estéticos corporais, pois, quando bem orientados, ajudam a minimizar as alterações inestéticas, fazendo que a sua satisfação aumente a cada sessão. A autoestima e tratamentos a favor da beleza e da saúde andam lado a lado”, finalizou.

Informações complementares poderão ser obtidas através dos telefones (22) 2725-8060 ou 2725-1560. Cuide-se!

Texto produzido em: 24/02/2015