Quem sofre com manchas sabe como são difíceis de eliminar. Uma opção é a infiltração intradérmica (injeção sob a pele) de ácido tranexâmico, capaz de despigmentar o local. As aplicações são feitas uma vez por semana (com uso de anestésico tópico), e melhoram  a coloração da pele em alguns pacientes. O local fica um pouco dolorido e arroxeado por até 15 dias.
Luz nas estrias: Os aparelhos de laser para tratar as estrias estimulam a produção de colágeno (preenchendo as depressões de dentro para fora) e provocam descamação (uniformizando a cor). O mais eficaz é o CO2 fracionado. Ele consegue uma melhora de até 50% Converse com seu dermatologista.
Queda de cabelos: É sempre importante pesquisar uma causa médica para a queda de cabelos excessiva, sendo muitas vezes necessários exames laboratoriais, e então, a partir da identificação da causa, a instituição de tratamento específico para cada caso. É possível também fazer uma biopsia do couro cabeludo. É importante desde a pesquisa do tempo de evolução da alopécia, uso de medicamentos, casos familiares, avaliação nutricional, exame clínico dos fios e microscópico. Temos utilizado laser de baixa frequência ( LED) em sessões semanais na clínica para prolongar a fase de crescimento dos cabelos com sucesso em vários pacientes. Esse tratamento é complementar a utilização de medicamentos orais e tópicos. Também indicamos injeções de medicamentos no couro cabeludo. Estes medicamentos podem ter sua penetração aumentada através da técnica de microagulhamento (denominada drug delivery).