A catarata consiste na opacidade total ou parcial do cristalino, lente natural do globo ocular, que é responsável pela focalização da visão para perto e para longe. A doença atinge quase metade (46,2%) da população mundial com mais de 65 anos e é considerada a maior causa de cegueira evitável. No Brasil, surgem cerca de 120 mil novos casos ao ano. 
Inúmeros fatores de risco podem provocar ou acelerar o aparecimento de catarata, como diabetes, uso sistemático e sem indicação médica de colírios, inflamações intraoculares e traumas como socos ou batidas fortes na região dos olhos.
O médico oftalmologista Dr. Guilherme Camillo Júnior falou sobre a doença e de como é feito a correção da lente do globo ocular. “A catarata é o envelhecimento natural do cristalino e afeta a todos. O indicado é o procedimento cirúrgico, conhecido como facoemulsificação com implante de lente intraocular. E a cirurgia é recomendada quando a visão estiver comprometida ao ponto de atrapalhar a rotina do dia a dia do paciente”.
As pessoas têm diferentes períodos de recuperação, mas, de acordo com a Sociedade Americana de Catarata e Cirurgia Refrativa (EUA), 98% dos pacientes apresentam melhora da visão após a cirurgia. Uma vez removida, a catarata não voltará.
Por fim, Dr. Guilherme Camilo reforça a importância da consulta ao oftalmologista de forma preventiva e repreende os exames feitos por terceiros. “Assim como há a necessidade de ir ao médico ou a dentista regularmente, as pessoas devem procurar o oftalmologista periodicamente para observar a saúde ocular e também evitar exames feitos em óticas por pessoas não qualificadas, o que pode acarretar em graves problemas”.

 

Sintomas da catarata

Nem todas as cataratas prejudicam a visão a ponto de afetar a vida diária. Para aquelas que o fazem, os sintomas comuns incluem: 
* Visão nublada, confusa ou nebulosa
* Visão com brilho de lâmpadas ou do sol
* Dificuldade de dirigir à noite devido ao brilho dos faróis
* Mudanças frequentes na prescrição de óculos
* Visão dupla
* Melhoria da visão de perto que, em seguida, fica pior
* Dificuldade em fazer as atividades diárias por causa de problemas de visão.
Procure ajuda médica o mais rápido possível se houver:
* Dor grave nos olhos
* Uma mudança repentina na visão, como a perda da visão ou visão dupla.

Texto produzido em: 15/05/2017