Fora das piscinas desde o final da Olimpíada do Rio de Janeiro no ano passado, a campista Lara Teixeira tem se aventurado na área técnica, como treinadora de nado sincronizado na Nova Zelândia. Uma nova experiência que tem gerado conhecimento profissional e uma ótima experiência pessoal.
“Está sendo muito bom para mim e estou muito feliz por poder passar um pouco do que aprendi para outras meninas, além do crescimento humano e cultural que estou tendo aqui”, comentou Lara. 
Agora em outra função, a campista destaca o papel do esporte em sua vida e na sua formação pessoal. “O esporte foi essencial para dar valor à minha saúde, como me preocupar em me alimentar saudável, me afastar de bebidas alcoólicas e o cigarro, que são totalmente incompatíveis com uma vida de atleta”. 
Lara Teixeira aproveitou a oportunidade para agradecer o espaço que sempre teve no Mania de Saúde na divulgação do seu trabalho e das suas conquistas. “A imprensa em geral sempre esteve ao meu lado, e o Mania de Saúde sempre me deu portas abertas. Agradeço pelo carinho, pela oportunidade de compartilhar minha trajetória esportiva com os campistas em especial”, afirmou a atleta, parabenizando o jornal por mais um aniversário.
A campista acumula inúmeros títulos nacionais, um tricampeonato sul-americano, cinco finais em campeonatos mundiais, duas medalhas de bronze no Pan do Rio, em 2007, duas medalhas de bronze no Pan de Guadalajara, em 2011, e participação em três Olimpíadas. Ela se despediu do nado sincronizado depois de mais de duas décadas na Olimpíada do Rio de Janeiro, no ano passado. 

Texto produzido em: 22/05/2017