Dr. Thiago Barros

Mais prático do que os aparelhos convencionais, alinhadores ortodônticos ganham espaço.

Nem todo o mundo que faz um tratamento ortodôntico se sente apto ou confortável a usar aparelho. Alguns até já utilizaram, mas interromperam por algum motivo e precisam retornar ao tratamento. Como, então, tratar os dentes sem ter que voltar ao aparelho? Qual a solução? A odontologia responde com uma tecnologia inovadora: os alinhadores ortodônticos.

Projetados para serem uma alternativa mais prática para o alinhamento dos dentes, os alinhadores estão ocupando cada vez mais espaço na odontologia, como explica o cirurgião-dentista Dr. Thiago Barros. “Os alinhadores são uma maneira mais precisa para o alinhamento dos dentes. Ele é muito requisitado pelo conforto de você poder remover esse acessório para se alimentar e para limpar os dentes. O público que usa esse dispositivo em geral não quer ter o aparelho fixo colado, para pode comer alimentos que, com os aparelhos fixos, demandariam cuidados. Além disso, os alinhadores são boas alternativas para pacientes que tenham problemas no esmalte dentário, ou dentes muito restaurados, onde a colagem de um aparelho fixo seria prejudicada. Esse alinhador faz a mesma coisa que o aparelho fixo, porém removível, sem estar preso aos dentes”, conta Dr. Thiago, dando mais detalhes da tecnologia. “Os alinhadores são importantes para pequenas e médias correções. Eles são mais rápidos do que o aparelho fixo, o resultado é mais previsível e é estético, porque essas placas de acetato, pelos quais são feitos os alinhadores, são transparentes, então, também é considerado um tratamento estético. Na verdade, a maioria das pessoas tem pequenos movimentos para fazer, pequenas correções, e isso o alinhador faz muito melhor do que o aparelho fixo colado, porque ele realmente é para alinhar, não é para fazer grandes movimentações, embora seja até possível fazê-las. Mas a indicação dele são correções, rápidas, de no máximo seis meses de tratamento, até menos, dependendo do caso”.
Mesmo sendo bastante utilizado, o tradicional aparelho vem sendo trocado pelos alinhadores ortodônticos por eles serem também mais confortáveis e discretos, mantendo a eficácia na correção do alinhamento dos dentes, conforme destaca Dr.

Thiago. “Os alinhadores corrigem vários problemas. Às vezes a pessoa tirou o aparelho fixo, não usou a contenção e desalinhou. Ela até poderia voltar a usar aparelho, mas já não deseja fazer isso. O re-tratamento pode então usar essas placas removíveis, que ajudam a tratar quase todos os problemas, incluindo alguns graves. Existe essa possibilidade. O importante é o paciente fazer uma avaliação, conhecer a tecnologia com o dentista e ver se é uma alternativa viável para o seu tratamento, que, inclusive, está bem mais acessível hoje”, finalizou Dr. Thiago Barros.

Informações complementares poderão ser obtidas através dos telefones (22) 2735-3998 ou (22) 99956-3807.

Texto produzido em: 22/06/2015