Referência no tratamento do Câncer em nossa região

Clínica Santa Maria

Dr. Frederico Barbosa
Há 35 anos à frente da Clínica Santa Maria,
Dr. Frederico Barbosa

Com 65 anos de Fundação e 35 anos de atuação na área da Oncologia, a Clínica Santa Maria é, sem dúvidas, uma das principais referências na área de saúde de Campos e região. Pioneira na implementação de novas tecnologias para o tratamento do câncer, acompanhando de perto os avanços técnicos e científicos que antes pareciam restritos aos grandes centros, a Clínica Santa Maria inovou o tratamento oncológico no Norte Fluminense ao trazer uma série de inovações por meio do seu Instituto de Oncologia, que se destaca pelo atendimento de excelência oferecido à população.

Recepção da Clínica Santa Maria
Recepção da Clínica Santa Maria

Sediado na própria clínica, o Instituto de Oncologia foi criado e é coordenado pelo médico Dr. Frederico Barbosa, especialista pela Sociedade Brasileira de Oncologia Clínica e Sociedade Brasileira de Cancerologia, além de Professor da Faculdade de Medicina de Campos (FMC). Ele falou, ao Mania de Saúde, sobre a relevância desse trabalho para a nossa região.

“A missão do Instituto de Oncologia é prestar um serviço de alta qualidade técnica, sempre acompanhando os avanços oncológicos a nível mundial, associando isso a um atendimento humanizado e acolhedor. O serviço já tem 35 anos de existência e foi crescendo ao longo do tempo, tanto no que diz respeito ao espaço físico e ao uso de tecnologias, quanto no que tange à equipe, com a incorporação de novos profissionais altamente qualificados, formados nos melhores hospitais de oncologia do Brasil. Por isso se tornou uma referência no tratamento do câncer na região”, diz Dr. Frederico. “Hoje, por exemplo, a equipe de oncologia clínica é composta por 6 oncologistas clínicos e 3 hemato oncologistas, todos titulados em suas respectivas áreas, oriundos dos grandes serviços de Rio de Janeiro e São Paulo, que trabalham em parceria com os cirurgiões oncológicos, radioterapeutas e demais especialidades”.

Dr. Frederico exemplifica como o serviço tem estado na vanguarda da oncologia clínica em nossa região ao trazer as maiores inovações da área. “Um exemplo é a imunoterapia, que veio para revolucionar o tratamento do câncer, por ser um tratamento mais direcionado, com menos toxicidade do que a quimioterapia, apresentando melhoras em vários tipos de tumores. Outra grande conquista foi a implantação da crioterapia capilar, conhecida como ‘touca gelada’, que ajuda a preservar os cabelos durante a quimioterapia, trazendo excelentes resultados”, aponta o médico, citando outra conquista do instituto.

“Implementamos, ainda, o serviço de oncogenética, que é um pioneirismo na região. Hoje a gente sabe que vários tipos de câncer estão relacionados a fatores genéticos, hereditários, que a pessoa herda da família. É possível, então, identificar alguns tumores que tenham relação com essas alterações.

Dr. Frederico Barbosa
Conforto na ampla sala de quimioterapia

Quem faz isso é o oncogeneticista e nós somos a única unidade oncológica da região com esse tipo de atendimento sendo feito de forma regular, na pessoa do Dr. Olavo Siqueira. Isso demonstra como a clínica está sempre antenada aos principais avanços da oncologia na atualidade”.

A humanização do atendimento, de acordo com Dr. Frederico, é outro grande diferencial do Instituto de Oncologia, que reúne uma série de profissionais para oferecer o melhor atendimento ao paciente. “O tratamento oncológico, hoje, não se restringe à atuação do médico. Ele exige toda uma equipe multidisciplinar, com oncologistas, hematologistas, cirurgiões oncológicos, geneticista, psicólogo e nutricionista, formando toda uma equipe de apoio que também se encontra em nosso serviço, buscando sempre o melhor resultado para o paciente”.

A Clínica Santa Maria, que há 65 anos oferece uma medicina com credibilidade e de alto padrão, passou recentemente por um momento de transformação e modernização. Hoje ela conta com mais de 15 especialidades, realizando diversos exames, consultas e cirurgias, inclusive com um centro cirúrgico completo. Tudo em prol do mesmo objetivo: oferecer um atendimento de excelência à população.

 

Atenta às especificidades da oncologia em tempos de Covid-19, a Clínica Santa Maria vem otimizando seu atendimento, mas sem prejudicar os tratamentos em curso. “Nesse momento de pandemia do coronavírus, foi necessário fazer algumas adaptações, pois hoje já se sabe que os pacientes em tratamento oncológico apresentam um risco um pouco maior de, adquirindo a doença, ter uma evolução não muito satisfatória. Então, as entidades de oncologia fizeram algumas sugestões para que nenhum tratamento oncológico fosse interrompido. No caso, se o paciente estiver fazendo quimioterapia, por exemplo, ou radioterapia, não interromper o tratamento. Já aqueles pacientes que estão apenas em acompanhamento, depois de terem concluído o tratamento, podem prorrogar um pouco as suas avaliações, para reduzir a presença nos serviços de oncologia”, informa Dr. Frederico. “Apesar disso, a gente também tem a preocupação de que os pacientes não sofram atraso no início de seus tratamentos oncológicos. É preciso, portanto, uma avaliação criteriosa da equipe médica, para não deixar de tratar aqueles pacientes que necessitam ser tratados, sempre discutindo esses casos em equipe e orientando a melhor solução”.