Tratamentos estéticos – Preparando-se para um grande evento? Parte 1

Saiba como planejar os tratamentos estéticos para estar radiante no dia

Downtime, tempo para os resultados aparecerem. O surgimento de vermelhidão e inchaço são fatores que devem ser levados em consideração na hora de escolher o momento ideal para realizar um procedimento estético em preparação para um evento

tratamentos estéticosDestaques:

* Tratamentos estéticos evoluíram significativamente nos últimos anos, tornando-se menos invasivos e com tempo de recuperação reduzido.

* Ainda assim, se você pretende chegar radiante a um evento, é preciso se planejar quanto à realização desses procedimentos, pois podem causar vermelhidão ou inchaço momentâneos.

* Além disso, o efeito de certos tratamentos não é imediato, surgindo gradualmente nos dias que procedem sua realização.

São Paulo – Seja em um casamento, uma festa, uma formatura ou qualquer outro grande evento, é fato que qualquer pessoa quer estar radiante e sentindo-se bem consigo mesma. E uma das estratégias mais adotadas para chegar nesse objetivo é a realização de procedimentos estéticos. Mas não adianta deixar para realizá-los na última hora. É preciso planejamento. “Hoje, felizmente, temos um grande arsenal de tratamentos minimamente ou não invasivos e com tempo de recuperação zero. Ainda assim, é importante se programar para realizá-los, pois alguns procedimentos podem causar, por exemplo, leve inchaço ou vermelhidão, que são indesejados em um grande evento”, explica a dermatologista Dra. Ana Maria Pellegrini, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia. “Além disso, muitos procedimentos não conferem seu resultado final imediatamente, com o efeito surgindo ou melhorando gradualmente conforme os dias passam. Então, o planejamento é a chave para os melhores resultados”, lembra a médica, que explicou abaixo quanto tempo antes de um evento alguns dos principais procedimentos estéticos devem ser realizados:

Toxina botulínica: pelo menos 20 dias antes do evento. “O efeito é percebido após cerca de 72 horas, três dias depois da aplicação, mas se intensifica em duas semanas, em média. E, em alguns casos, o médico ainda pode recomendar retoques para potencializar o resultado”, diz a especialista, mencionando que a aplicação de toxina botulínica é ideal para tratar rugas e linhas finas. “Recomendo que a reaplicação seja realizada a cada 4 meses.”

Bioestimulador de colágeno: Os bioestimuladores de colágeno, como o Sculptra, geram uma inflamação no local tratado que promove um estímulo gradual e duradouro das fibras de colágeno, responsáveis pela sustentação e firmeza da pele, assim reduzindo a flacidez e melhorando a densidade cutânea. “É recomendado que o tratamento com bioestimuladores de colágeno seja realizado de um a três meses antes do evento. Isso porque, apesar de o resultado ficar visível em cerca de 30 dias, o pico da produção de colágeno ocorre em torno de 90 dias após o tratamento”, diz a dermatologista.