Já vacinou o seu adolescente?

Vacinação contra meningite é de extrema importância nos mais jovens O Dia Nacional do Adolescente foi celebrado em 22 de setembro, mas a Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia (FEBRASGO) continua chamando a atenção para a importância das imunizações previstas no calendário nacional do Ministério da Saúde, especialmente na campanha de vacinação contra a meningite para adolescentes. “A campanha surgiu com o objetivo de aumentar as coberturas vacinais contra a doença meningocócica”, informou a Dra. Cecília Maria Roteli Martins, presidente da Comissão Nacional Especializada em Vacinas da FEBRASGO, no portal da entidade.

É importante ressaltar que a campanha busca atingir adolescentes e adultos jovens nesse período de suspensão de medidas de restrição da pandemia. Dra. Cecília reforça ainda que a campanha tem grande importância já que a maioria das crianças e adolescentes são portadores assintomáticos da doença, o que os coloca sob grande risco de desenvolver a infecção. “Essa infecção pode levar a óbito em poucas horas ou deixar sequelas como surdez, distúrbios neurológicos e outras sequelas ligadas ao sistema nervoso central”, pontua a médica. Recentemente, houve um surto da doença na Flórida, nos Estados Unidos, local em que muitas crianças e adolescentes, inclusive brasileiras, circulam em parques e ficam sob risco da doença se não estiverem com a vacinação completa. “As coberturas estão muito baixas, o que levou o Programa Nacional de Imunização (PNI) a editar uma medida temporária ampliando a oferta da vacina para adolescentes de 13 a 14 anos até junho de 2023”, conclui.

Segundo o Ministério da Saúde, a meningite é uma doença grave, que pode ser evitada com a vacinação. O imunizante conhecido como Meningo C é aplicado com injeção, entre os 3 e 5 meses de vida e previne doenças causadas pelo meningococo C. O imunizante evita a meningite e a meningococcemia, uma infecção generalizada e grave. As vacinas possuem importante papel, diminuindo os riscos de doenças e possibilitando o crescimento saudável. Informe-se!