Atenção, gestantes! Está na hora de se exercitar!

Atenção, gestantes! Está na hora de se exercitar! Quem frequenta academia já deve ter se assustado ao encontrar gestantes malhando ou se espantado ao vê-las durante alguma atividade física ao ar livre, não é mesmo? Pois é. O que antigamente poderia ser visto como extravagância, hoje se tornou mais do que necessário para a mulher obter uma gestação mais saudável e tranquila, para ela e para o bebê.

Mas como esse preparo físico deve ser realizado? Se você é gestante, como identificar a prática mais adequada? Para responder a estas perguntas, o Mania de Saúde ouviu Fabrício Bastos, Gestor do Studio Fabrício Bastos, que realiza um trabalho especializado de Personal Trainer, indo de Reabilitação até Performance.

Formado desde 2007, especialista em Treinamento Funcional e com vasta experiência em Treinamento Físico Funcional, ele trabalha com corrida de rua e montanha há mais de 10 anos, é atleta amador de ultramaratonas de montanha e revela os benefícios da ginástica voltada para as gestantes. “A maioria das obstetras recomenda a prática de exercício físico durante a gestação. Os benefícios são variados: ajuda no fluxo sanguíneo cerebral, fortalece os músculos do core (auxiliando no equilíbrio e risco de quedas), diminui dores nas costas, no controle da ansiedade, ajuda no controle da pressão arterial, além de ser mais saúde para o bebê, entre outros pontos positivos”, diz Fabrício.

Ele comenta que, apesar de ainda existirem poucos estudos nesta área, exercícios resistidos de intensidade leve à moderada podem promover melhora na resistência e flexibilidade muscular, sem aumento no risco de lesões, complicações na gestação ou relativas ao peso do feto ao nascer. “Consequentemente, a mulher passa a suportar melhor o aumento de peso e atenua as alterações posturais decorrentes desse período”, acrescentou.

Mas os benefícios não terminam aí. “A atividade física aeróbia auxilia de forma significativa no controle do peso e na manutenção do condicionamento, além de reduzir riscos de diabetes gestacional, condição que afeta 5% das gestantes. A ativação dos grandes grupos musculares propicia uma melhor utilização da glicose e aumenta simultaneamente a sensibilidade à insulina”.

Atenção, gestantes! Está na hora de se exercitar!
O Personal Trainer Fabrício Bastos

O personal lembra, também, quais medos a gestante costuma ter ao se exercitar. “Quando a gestante não tem informação, elas têm medo de executar os exercícios pensando que pode causar algum risco à gestação. Porém, é um mito que vem sendo quebrado dia a dia”, alerta Fabrício. “É necessário ressaltar que atividade física com gestantes deve ser liberada pelo seu obstetra, e acompanhada por um profissional de Educação Física capacitado para conquistar seus benefícios”, ressaltou.

Ele cita, por fim, que as gestantes estão mais conscientes da necessidade de se exercitar, pois os próprios obstetras têm incentivado a prática do movimento. “Até porque gravidez não é doença e ela colherá benefícios sim, tanto no pré quanto no pós-parto. Isso também dará uma autonomia para a mamãe cuidar do seu bebê após o nascimento”.