50 anos de ARCNF

O dia 14 de julho pode ter sido apenas mais uma data no calendário de muitas pessoas. Mas, em Itaperuna, ele teve um caráter solene, devido à cerimônia comemorativa dos 50 anos da ARCNF – Associação Regional dos Profissionais de Contabilidade do Noroeste Fluminense. Fundada em 27/03/1971, a entidade teve sua constituição feita pela presidente Maria Dalva Prado, juntamente com vários amigos contadores que, à época, começaram a fazer a história desta importante associação.

Atualmente, a presidência é ocupada pela contadora Patricia Gonçalves Telles, que falou ao Mania de Saúde sobre a solenidade e sobre a história da ARCNF. “A associação abrange 13 municípios do Noroeste Fluminense e é um elo de ligação da sociedade civil com a classe contábil em busca dos interesses desta importante profissão e, com muita alegria, tivemos a participação de vários contadores, técnicos de contabilidade, alunos e associados”, diz Patricia, cuja atuação também é um marco para a história da entidade, já que é a segunda vez que uma mulher é presidente da Associação.

Realizada na AABB de Itaperuna, a cerimônia contou com a presença de importantes personalidades da área, como o presidente do CRC-RJ, Samir Ferreira Barbosa Nehme, o Vice-Presidente do Interior do CRC-RJ, Rafael Machado, o Diretor de Relações Institucionais do CRC-RJ, Felipe de Almeida Ribeiro, o Conselheiro do CRC-RJ, Fernando Amil de Oliveira e a Presidente da Associação Regional dos Profissionais de Contabilidade do Noroeste Fluminense, Patricia Gonçalves Telles, bem como o Vice-presidente da ARCNF, Fabiano Rocha da Silva.

Na ocasião, foram prestadas várias homenagens e moção de aplauso por parte do CRC-RJ e por parte da Câmara Municipal de Itaperuna, na pessoa do Vereador e contador Paulo César. Dentre os homenageados estavam os presidentes que, ao longo da história da associação, contribuíram com dedicação e zelo à classe contábil. Eles receberam uma placa de homenagem do Presidente do CRC-RJ, Samir Nehme. Foram eles: Arlon Campos da Silva Júnior, Fernando Amil de Oliveira (recebendo homenagem como conselheiro do CRC-RJ também), Rafael Alves Canazar, Pedro Márcio Martins Rosa e Patricia Telles. O Vice-presidente do interior, Rafael Machado, realizou a homenagem ao contador Jader Barbosa da Silva, que tanto serviu por muitos anos o Noroeste Fluminense na Função de Delegado do CRC-RJ, trazendo cursos, mostrando a valorização do profissional Contábil e fazendo a aproximação do CRC-RJ com o Interior. Já o Coordenador da Faculdade São José, Liessandro Ribeiro Fernandes, e a Professora da UniRedentor, Daniele Perisse, fizeram a entrega de uma homenagem à aluna Mariana Lopes da Silva Benedito, simbolizando todos os nossos jovens que estão na busca dessa carreira belíssima como profissional Contábil.

O conselheiro do CRC-RJ, Fernando Amil de Oliveira, e a Presidente da ARCNF, Patricia Telles, por sua vez, entregaram as homenagens aos membros do CRC-RJ que se fizeram presentes – Samir Ferreira, Rafael da Silva Machado e Felipe de Almeida Ribeiro. Finalizando o evento, o Diretor Institucional Felipe realizou a entrega de um prêmio ao contador Odilon Abreu, em nome do CRC-RJ, que aos 70 anos de idade continua exercendo a profissão contábil e em 41 anos de profissão nunca sofreu nenhuma penalidade como profissional.

Após várias homenagens, Patricia Telles agradeceu a todos os presentes e fez um discurso sobre os 50 anos da ARCNF e a gratificação em ser uma das contadoras homenageadas, agradecendo à diretoria e aos associados por todos os momentos em que sempre estiveram juntos trocando informações e buscando atender às necessidades contábeis. “O nosso trabalho é muito importante. É através dele que um município gera a sua economia, pois uma empresa, seja ela de porte pequeno, médio ou grande, precisa de um contador. Apuramos impostos sim, mas, nos tempos atuais, somos consultores contábeis, assessoramos Empresários, fazemos Consulta Tributária, entre outras ações. Tenho muito orgulho de ser formada em Ciências Contábeis. Amo o que faço, amo a minha profissão”, discursou.
Em seguida, foi feito um café com a classe, evento criado pelo CRC-RJ com o objetivo de ouvir as demandas dos profissionais da contabilidade e suas expectativas em relação às demandas da classe, sendo uma importante roda para troca de experiências entre os contadores e os representantes do CRC-RJ.

Patricia Telles dando início à cerimônia de 50 anos da ARCNF