CHANGE

Há muitas coisas que não podemos mudar, outras sim, mas a mudança em si é o meu assunto de hoje. Mudar requer coragem, pois é assustador, estabelecemos novos padrões, diretrizes, e dependendo da mudança, temos que abandonar completamente antigos paradigmas. Se você está se perguntando de que mudança estou falando, na verdade de qualquer uma, mas posso dar alguns exemplos práticos para ilustrar meu pensamento.
Mudança de residência: um novo bairro ou novos vizinhos, requer uma boa observação, até que se sinta confortável para viver sem o medo inicial do desconhecido; Mudança de profissão: essa mudança requer coragem, pois trocar uma carreira por outra, ainda não consolidada, também pode gerar um temor natural do insucesso; Mudança do idioma: essa, alguns classificarão como “muito difícil”, e sim, pois requer esforço, objetivo e foco. E o medo? Natural de quem não acredita no próprio potencial cognitivo. Eu poderia listar muitos tipos de mudança, entretanto, vou focar em dois pontos comum a todas elas, o desafio pessoal e o benefício do mesmo.
Pense em uma mudança pela qual você teve que passar nos últimos tempos, seja por escolha ou por imposição externa, qualquer que tenha sido, você conseguiu, sabe por quê? O ser humano é incrivelmente adaptável às mudanças, ele em si é fruto de várias delas (biológicas, físicas, psicológicas, sociais, etc.). Então por que tememos mudar? Isso também é natural do indivíduo, o desconhecido gera insegurança, que, ao longo do tempo, vai se diluindo pela prática e autoconfiança na própria capacidade de adaptação.
Sobre o benefício, ainda que num primeiro momento pareça ser duvidoso (será que vai dar certo?) ao ser alcançado o objetivo, que motivou a mudança, a superação dos medos, a alegria das conquistas e o sucesso do aprendizado, transforma todo o fardo, que o fez temer no início, em combustível para novas decisões que podem trazer novos desafios igualmente transformadores.
Reflita hoje sobre o que precisa mudar, mudanças que só dependem de você, sua casa, seu trabalho, o seu Inglês, etc. Dê o primeiro passo em direção a essa mudança, não tenha medo, ao final da caminhada, todo esforço terá valido a pena, por um motivo muito simples, o agente da mudança foi alguém que em potência pode realizar feitos inacreditáveis, VOCÊ!