Para você mulher que é um mulherão!

No dia 08 de março comemoramos o Dia Internacional da Mulher. A homenagem, é claro, será para você, Mulher, que é um Mulherão. Peça para um homem descrever um mulherão. Ele imediatamente vai falar do tamanho dos seios, na medida da cintura, no volume dos lábios etc. Mulherões, dentro deste conceito, não existem muitas: Vera Fischer, Leticia Spiller, Malu Mader… Agora pergunte para uma mulher o que ela considera um mulherão? E você irá compreender. A afirmação é da psicóloga e coach Aline Horta, que fala sobre o que ela considera um “Mulherão”. “Mulherão é aquela que pega dois ônibus por dia para ir para o trabalho, mais dois para voltar e, quando chega em casa, encontra um tanque lotado de roupa e uma família morta de fome. Mulherão é aquela que acorda de madrugada para pegar a senha da matrícula na escola dos filhos. Mulherão é a empresária que administra dezenas de funcionários de segunda a sexta, bem como uma família todos os dias da semana. Mulherão é quem volta do supermercado segurando várias sacolas depois de ter pesquisado preços e feito malabarismo com o orçamento. Mulherão é aquela que se depila, que passa cremes, que se maquia, que faz dieta, que malha, que usa salto alto, ajeita o cabelo e se perfuma, mesmo sem nenhum convite para ser capa de revista. Mulherão é quem leva os filhos na escola, busca os filhos na escola, leva os filhos para a natação, busca os filhos na natação, leva os filhos para cama, conta histórias, dá um beijo e apaga a luz. Mulherão é aquela mãe de adolescente que não dorme enquanto ele não chega, e que de manhã bem cedo já está de pé, esquentando o leite. Mulherão é quem cria filhos sozinha, quem dá expediente de oito horas e enfrenta menopausa, TPM e menstruação. Mulherão é quem arruma os armários, coloca flores nos vasos, fecha a cortina para o sol não desbotar os móveis, mantém a geladeira cheia e os cinzeiros vazios. Mulherão é quem sabe onde cada coisa está. Mulherão é quem mata um leão por dia. (Martha Medeiros). Segundo a pesquisa “Mercado de trabalho: conjuntura e análise”, pelo (IPEA), a elevação da participação feminina no mercado de trabalho configura-se como um dos fenômenos mais marcantes ao longo das últimas décadas. “Ainda assim, as atividades dedicadas aos afazeres domésticos recaem majoritariamente sobre as mulheres, o que traz consequências ainda mais significativas para elas. Além da responsabilidade de ser Mulher, têm a responsabilidade de ser mãe. E ser mãe significa que a sociedade ainda cobra delas o acompanhamento e sucesso dos filhos. E com a pandemia a mulher está no limite, famílias vivem estresse inédito com crise. O aumento da demanda dentro de casa foi muito grande. Chegando em meu consultório mulheres com abalos em seu psicológico, com pensamento suicida sério, com baixa autoestima e com falta de amor-próprio. Estudos revelam que as mulheres são as que mais sofrem com a sobrecarga psicológica causada pela pandemia do Covid-19. Podendo observar que as taxas de ansiedade entre mulheres eram mais altas que as dos homens. É preciso criar mecanismos para lidar com essa fase. A primeira coisa a fazer é parar de acumular funções e se permitir ter consciência de seus medos e inseguranças. Às vezes, as mulheres só pensam: vou resolver isso, cuidar disso, terminar aquilo e chegam no limite. Elas precisam falar: ‘isso é o que posso fazer, você pode me ajudar com aquilo?’”, afirma Aline Horta.

Grátis!

No dia 08/03/2021 O Projeto Mulheres Poderosas presenteia todas vocês com um e-book incrível com dicas de autocuidado, amor-próprio e até mesmo empreendedorismo.
Baixe no insta da psicóloga Aline Horta com o QR Code acima

A psicóloga e coach Aline Horta

Seguem algumas dicas de Aline Horta sobre autocuidado, rotina equilibrada com horários definidos de sono, trabalho, tempo com as crianças e a importância da psicoterapia:

– Cuidar de seu corpo, praticando exercícios físicos regulares, fazendo refeições saudáveis e equilibradas. Seguindo uma rotina de autocuidado;
– Dormir o suficiente de 7h a 8 horas por noite. Quando sentir dificuldades para dormir tentar fazer meditações de mindfulness. A sua mente irá desacelerar e a qualidade da sua noite de sono irá melhorar;
– O contato com a natureza auxilia a contemplar o belo, sentir o sol e uma leve brisa no rosto produz uma sensação de expansão e relaxamento;
– Buscar fazer uma rotina regular de trabalho, relaxamento e diversão. Tentar não ficar tanto tempo na internet e em vez disso ler livros interessantes, assistir filmes, cuidar das plantas e até mesmo limpar a casa tem sido uma distração;
– Busque rotinas saudáveis com as crianças como: estudos, brincadeiras e até mesmo de descanso. Se você não possui muito tempo para dedicar às suas crianças, dedique tempo de qualidade e com amor.
– Se você não quer adoecer fale dos seus sentimentos. Caso você não esteja conseguindo se cuidar sozinha, não hesite em procurar um atendimento psicológico ou um médico. Busque ajuda! Não espere a situação ficar insustentável!
O Projeto Mulheres Poderosas parabeniza todas as mulheres e quer presentear todas vocês com um e-book incrível com dicas de autocuidado, amor-próprio e até mesmo empreendedorismo. Não percam. É só seguir a minha página no Instagram (@aline_horta_psicologa) e conferir que irei postar esse conteúdo no dia 08 de março. Um forte abraço, estou aqui para te ajudar!