Conheça o aparelho invisível!

Os attachments são resinas transparentes sobre a superfície do dente para aumentar a retenção e auxiliar na movimentação dentária
A cirurgiã dentista, especialista em ortodontia, Dra. Ludymila Baptista
A área da saúde está em constante evolução. E, com a odontologia, não é diferente. A tecnologia chega para proporcionar tratamentos mais eficazes, rápidos e confortáveis para o paciente. Um exemplo disso são os aparelhos ortodônticos, que, quando surgiram, revolucionaram o tratamento de imperfeições e desalinhamentos nos dentes. E, agora, existe no mercado uma novidade que promete avançar ainda mais na inovação dos tratamentos ortodônticos. São os chamados “alinhadores invisíveis”. Conversamos com a cirurgiã dentista, especialista em ortodontia, Dra. Ludymila Baptista, que nos esclareceu sobre esta importante novidade. “O uso de alinhadores invisíveis veio para ficar. É a opção ideal para os pacientes que não aceitam os aparelhos tradicionais (fixos) e têm a possibilidade de um tratamento mais rápido, confortável e eficiente aliado à estética. Os alinhadores são placas transparentes removíveis, confeccionadas a partir de um escaneamento digital. Cada etapa é planejada em um software onde é feito um modelo digital e, em seguida, a sequência de placas. O ortodontista é responsável por todo o planejamento, diagnóstico e acompanhamento (nas trocas das placas e contenções). O alinhador possui acessórios como: attachments (são resinas transparentes sobre a superfície do dente para aumentar a retenção e auxiliar na movimentação dentária), elásticos e mini implantes. As principais vantagens são: é feito de material transparente, quase imperceptível, o paciente consegue se alimentar normalmente (sem as placas) e higienizar corretamente os dentes, além de ser confortável para qualquer rotina. São indicados para apinhamento dental, dentes girados, sobremordida, correção de diastemas (falhas entre os dentes) etc.”. Dra. Ludymila fala ainda sobre como manter os alinhadores em dia. “Os principais cuidados com os alinhadores são: não se alimentar com ele na boca, limpar sempre com uma escova de dente de cerdas macias com a pasta de dente e nunca colocá-lo em água fervendo e nem ingerir bebidas quentes com a placa na boca. Sempre que removê-lo, armazená-lo em sua própria caixinha, nunca deixando-o de molho em qualquer solução. Quando for remover, começar na parte posterior em ambos os lados ao mesmo tempo e de dentro para fora. Os alinhadores devem ser utilizados 22h por dia e 7 dias da semana. Não existe contraindicação para o alinhador e sim limitações em casos mais complexos. Vale lembrar que, quanto maior for a maloclusão, maior será a quantidade de placas e, consequentemente, maior será o custo”, finaliza a cirurgiã-dentista.