A fisioterapia respiratória está cada vez mais em evidência na área da saúde. A especialidade vem sendo requisitada para auxiliar no tratamento de doenças como enfisema, asma, bronquite crônica e bronquiectasias, entre muitas outras, além de evitar complicações respiratórias em pacientes submetidos à cirurgia abdominal, ortopédica, torácica ou cardíaca, no pré e no pós-operatório. Esses casos demonstram o quanto a fisioterapia respiratória é importante para garantir saúde e qualidade de vida a inúmeros pacientes. 
Para falar dela, o Mania de Saúde entrevistou a Dra. Gleicy Mara Faria de Souza, especialista em fisioterapia respiratória e proprietária da clínica Fisio Mais, que tem se tornado referência em todas as áreas da fisioterapia em Campos e região. “A fisioterapia respiratória atende a um público muito amplo. Quando o médico encaminha uma criança para nós, por exemplo, fazemos uma avaliação para verificar a vida dessa criança e saber se ela nasceu de parto normal ou de cesariana, se ficou em UTI, se tem refluxo, se sofre de alergia alimentar, entre outros detalhes que nortearão o nosso trabalho. Às vezes são crianças que, desde bebês, fazem muito uso de antibiótico para tratar infecção de vias áreas superiores ou inferiores. Mas, ao trabalharmos essa parte pulmonar, conseguimos prevenir problemas e diminuir o uso de remédios. Quando surgir alguma infecção, a criança terá uma musculatura fortalecida. Isso mostra como a fisioterapia respiratória tem um aspecto preventivo importante para elas”, disse.
Atendendo pacientes não só de Campos, mas de outras cidades da região, como São João da Barra, São Fidélis e Itaperuna, Dra. Gleicy afirma que os médicos têm bastante consciência da importância da fisioterapia respiratória, que não se restringe aos pneumologistas ou aos pediatras. “Os médicos têm uma visão muito boa da fisioterapia respiratória. Inclusive, temos muitos encaminhamentos também de cirurgiões, porque a gente atua no pré e no pós-operatório de cirurgias bariátricas, cirurgias torácicas, entre outras. Muitos procedimentos exigem que o paciente tenha uma melhor capacidade respiratória. O trabalho especializado nessa área, portanto, faz toda a diferença”, destaca a fisioterapeuta.
Outro exemplo é a especialização que Dra. Gleicy fez, recentemente, em reabilitação cardiopulmonar, por meio de um curso realizado em São Paulo. “É muito interessante o trabalho com os pacientes cardíacos, tanto no pré, quanto no pós-operatório. A gente consegue devolver a eles uma melhor capacidade funcional, o que influi diretamente na qualidade de vida. São pessoas que, às vezes, por terem realizado uma cirurgia delicada, ficam muito receosas. Mas elas precisam desse cuidado e nós temos todo o suporte para atendê-las. A fisioterapia respiratória transforma, e muito, a vida dos pacientes, pois eles conseguem voltar a fazer suas atividades de vida diária com mais segurança. Os benefícios são enormes, não só para um quadro específico, mas para a saúde como um todo”.
Essas são apenas algumas das muitas situações em que a fisioterapia respiratória pode ajudar um grande número de pessoas a obter mais saúde e qualidade de vida em seu dia a dia, seja em casos clínicos, cirúrgicos ou de indivíduos que desejam aprimorar sua capacidade funcional. 
Para obter maiores informações sobre a especialidade, a Fisio Mais atende pelo telefone (22) 2731-8574.
 
 Texto produzido em: 18/02/2019