O Colégio Centro de Estudos – Sistema PH de Ensino vive um momento especial. A instituição foi premiada, em 2017, com o troféu de melhor desempenho pedagógico perante as 140 escolas da rede PH, o que fez o colégio ser reconhecido em nível nacional. 
Isso, porém, não é novidade. Basta lembrar que, anualmente, a escola vê seus alunos aprovados nos principais vestibulares do país. Este ano, por exemplo, os alunos do Colégio Centro de Estudos mais uma vez bateram recorde de notas A na UERJ. Isso para não falar dos aprovados em vestibulares de medicina, tradicionalmente os mais concorridos do país. 
Na opinião do diretor Douglas Fonseca, vários fatores explicam o êxito da escola, entre eles, a qualidade do método, o empenho dos professores, a estrutura oferecida aos alunos e, principalmente, a confiança dos pais, que tiveram uma presença ativa na instituição este ano. “2017 superou as expectativas. Tanto na procura dos alunos, quanto no reconhecimento dos pais, que foram muito presentes no cotidiano da escola. Isso fez toda a diferença. Eles, de fato, participaram dos projetos e trabalharam conosco pela educação do filho. Essa parceria, somada a um projeto pedagógico diferenciado, que une toda uma estrutura física e humana para suprir as necessidades do aluno, é o grande diferencial do Colégio Centro de Estudos, que está sempre buscando o melhor para cada um deles”, disse Douglas.
Ele cita os bons resultados obtidos no ensino médio. “Mais uma vez, batemos os recordes de notas A na UERJ. Registramos um acréscimo de 35%, o que dá em torno de 40 alunos. Isso nos deixou imensamente satisfeitos. Também tivemos, em 2017, seis alunos intercambistas na escola. Quando o estudante entra em contato direto com a segunda língua e tem a plena fluência do inglês, acaba vendo, na prática, o quanto esse aprendizado soma à formação”.
Outra novidade, este ano, foi o prédio novo. Ele mudou a rotina do Colégio Centro de Estudos, que disponibilizou um espaço ainda melhor para o Ensino Médio e outro para o Ensino Fundamental (Anos Finais) – sendo este modelo de ensino mais um destaque da escola em 2017, como lembra Fábio Alonso, que o coordena junto com Rosa Judice. “O Ensino Fundamental (Anos Finais) nos surpreendeu. A proposta era de 90 alunos, mas tivemos quase 200. E, agora, provavelmente chegaremos a 300, o que demonstra a relevância do projeto”, ressaltou Fábio, mencionando que, em 2017, o Colégio Centro de Estudos também protagonizou diversas atividades educativas, como Troca-Troca Literário, Projeto de Artes, Campeonato de Xadrez, Aula de Campo em Quissamã sobre o Brasil Império, Festa Junina na Roça, entre muitas outras que uniram alunos, pais e professores.
Vale lembrar que o período de matrícula está aberto, mas as vagas já estão reduzidas. Mais informações sobre elas podem ser obtidas através do telefone (22) 2722-1472. 

Texto produzido em: 18/11/2017