Comumente associadas à terceira idade, as dores no quadril podem ocorrer em vários momentos da nossa vida e suas causas são as mais diversas. Para falar sobre o assunto, nossa reportagem ouviu o médico ortopedista e especialista em cirurgia do quadril, Dr. José Oliveira. Confira a entrevista!
Mania de Saúde – A dor no quadril pode acometer qualquer pessoa? 
Dr. José Oliveira –
Sim, a dor na articulação do quadril pode acometer desde crianças, adolescentes, adultos e idosos. Em cada um desses grupos populacionais vamos encontrar algumas doenças específicas, que necessitam de uma avaliação e tratamento adequados. 
Mania de Saúde – Como são estas doenças na infância? 
Dr. José Oliveira
– Existem várias doenças que acometem a articulação do quadril na população pediátrica desde recém-nascidos até a adolescência. Em recém-nascidos encontramos um grupo de doenças denominadas de displasia do desenvolvimento do quadril. A sinovite transitória do quadril ocorre mais comumente dos 3 aos 8 anos de idade, a doença de Perthes pode ocorrer dos 2 aos 16 anos apesar de ser mais comum dos 4 aos 9 anos, a epifisiólise acomete mais frequentemente pré-adolescentes. 
Mania de Saúde – E nos adultos, como são? 
Dr. José Oliveira –
Na população adulta encontramos algumas doenças típicas desta fase da vida, dentre elas, as sequelas das doenças da infância que não foram identificadas ou que foram tratadas de forma inadequada, o impacto femuroacetabular, doenças que podem se apresentar após atividades físicas praticadas sem orientação ou em consequência do excesso destas, como a lesão condrolabral e as tendinites e bursites do quadril, e a necrose avascular da cabeça femoral, que é uma doença com várias causas possíveis, e acomete a articulação do quadril. 
Mania de Saúde – E nos idosos? 
Dr. José Oliveira –
Os idosos são o grupo populacional em que encontramos a maior incidência das doenças que acometem o quadril. Nesse grupo as fraturas do quadril são muito prevalentes e são provocadas na maioria das vezes pela osteoporose; doenças degenerativas como as bursites, tendinites e artrose do quadril. Encontramos também pacientes que apresentam uma prótese de quadril com sinais de soltura, desgaste ou infecção, que necessitam de uma cirurgia de revisão (troca da prótese), que é uma cirurgia de grande porte. 
Mania de Saúde – Qual a importância do especialista no atendimento destes pacientes? 
Dr. José Oliveira –
Na atualidade, a grande evolução do conhecimento médico e a existência de um universo de diagnósticos e procedimentos tornam impossível um profissional generalista dominar por completo. Com isso, vem ocorrendo uma sub-especialização na medicina que é vital para um diagnóstico e tratamento precisos, mas sem abandonar a visão geral do ser humano no seu universo biopsicossocial. A Sociedade Brasileira de Quadril, dentre outras sociedades, apresenta critérios rígidos para novos membros titulares. Portanto, ao escolher um especialista, você encontrará um profissional qualificado para avaliar e tratar adequadamente essas doenças.  

Texto produzido em 17/04/2019