Quem mora na Grande Vitória geralmente fica dividido na hora de ir à praia. Curtir o sol de verão em Camburi, a mais famosa da capital, ou ir para a Ilha do Boi? Aproveitar o clima litorâneo da Curva da Jurema ou um fim de semana em Manguinhos? Quem sabe, talvez, dar um pulo na Praia da Costa, em Vila Velha? 
As opções, como se vê, são muitas. Mas, para boa parte dos moradores, existe uma alternativa ainda melhor do que ficar na capital: ir para Guarapari. Até quem reside próximo à orla, em Vitória, costuma pegar a estrada e veranear na praia das Castanheiras ou da Areia Preta, duas das mais procuradas no município.
A advogada Vanessa Zanotti, por exemplo, mora em Vitória, mas passa o verão em Guarapari há anos. “É um hábito que vem de família. Tanto que já estamos na terceira geração que vem para Guarapari durante o verão. Embora existam diversas opções de lazer em nosso estado, as belezas daqui acabam se sobressaindo, até mesmo pela nossa memória afetiva, pelas histórias em família, que fizeram de Guarapari um lugar especial para todos nós”.
A administradora de empresas Karla Stockl concorda com a conterrânea e elogia as mudanças que Guarapari vem passando para melhor atender às famílias. “Toda essa reformulação da orla atrai ainda mais os turistas, não só de outros estados, mas do próprio Espírito Santo. Guarapari mora no nosso imaginário, faz parte da história de muitas pessoas, é um lugar paradisíaco e que, nos últimos anos, vem buscando aprimorar sua estrutura, oferecendo mais segurança e tranquilidade aos visitantes. É um orgulho da nossa terra”.

Texto produzido em: 22/01/2019