Quem tem o costume de visitar Guarapari todos os anos no período das férias deve ter reparado na presença mais marcante da polícia nas principais praias da cidade. De acordo com os registros da Polícia Militar, houve uma redução de 47% nos crimes de furto e roubo na cidade. Ainda segundo a PM, o período apresenta o melhor resultado dos últimos cinco verões. No total foram realizadas 392 operações policiais, que culminaram na abordagem de 5.061 pessoas. Destas, 59 foram detidas. Ainda foram recuperados sete veículos com restrição de furto/roubo, seis armas de fogo foram retiradas das ruas e 16 apreensões de drogas foram realizadas. 
Para o comandante do 10º Batalhão da Polícia Militar, Tenente-Coronel Welington Barbosa Pessanha, esse resultado tem sido alcançado por meio do planejamento estratégico aplicado em Guarapari, do reforço expressivo no número de policiais que estão atuando na área do Batalhão e ainda da eficiência e da qualidade desse policiamento. “O policiamento de Guarapari está bem dividido, pode-se notar a Polícia Militar em toda região de comércio, de praias e nos bairros. As operações que estamos realizando diariamente também têm contribuído para a redução desses índices”, afirmou o comandante. 
A médica Fabiana Souza aprovou a presença da corporação. “A gente já vem de um ano difícil, carregado de problemas e, no verão, o que a gente mais busca é tranquilidade. Com a presença da polícia nas praias, nós conseguimos relaxar mais, sabendo que estamos seguros. Para quem vem todo ano com a família para Guarapari, como é o meu caso, isso não tem preço. A Polícia está de parabéns mesmo pelo trabalho realizado na cidade”. 
Para o vice-presidente da Associação dos Comerciantes de Guarapari (ACGUARA), Themistocles Santana, a Operação Verão deste ano está passando maior sensação de segurança. “Realmente só tenho elogios este ano. Comerciantes, moradores e turistas estão andando nas ruas tranquilamente, sem aquele medo, por causa da constante presença da polícia”, disse Themistocles.
Mesma opinião tem o superintendente da CDL, Aguinaldo Ferreira Júnior, que elogia a preparação dos policiais em Guarapari. “Além do grande número de viaturas nas ruas, o que os comerciantes estão exaltando é o preparo dos policiais, a cordialidade com que eles atendem as pessoas. Eles somaram muito ao verão de Guarapari”, destaca Aguinaldo.
Praias tranquilas – A segurança em Guarapari chamou a atenção, este ano, pelo contraste com o início de 2017. Naquele ano, a segurança pública do Espírito Santo entrou em crise, depois que a PM ficou fora das ruas por causa de protestos de familiares dos militares, que bloquearam as portas dos batalhões. 
Como consequência, escolas ficaram sem aula, postos de saúde e outras repartições públicas tiveram atendimento comprometido e diversos assassinatos foram registrados no período, além de  inúmeros roubos, saques e furtos, em cenas dignas de filmes de Hollywood.
Não por acaso, elas chocaram o país inteiro – e também o mundo. Tabloides britânicos noticiaram a greve e os atos de violência no dia 6 de fevereiro. O The Sun e o Daily Mail, em meio a fotos de pessoas feridas e de um ônibus sendo queimado, destacaram, em suas reportagens, uma citação das redes sociais, afirmando que bandidos estavam atirando aleatoriamente. O temor foi generalizado e não foram poucos os que acreditaram que a crise de segurança afetaria o ano de 2018.
Felizmente, ocorreu o inverso, pois, na opinião da esmagadora maioria das pessoas ouvidas pelo Mania de Saúde, Guarapari nunca esteve tão segura. Um motivo a mais para comemorar o verão 2018 como um dos melhores dos últimos anos.

Texto produzido em: 24/01/2018