As varizes estão associadas a fatores genéticos e hormonais, mas também aparecem, com frequência, em pessoas sedentárias ou que ficam em pé por longos períodos. Por isso a atividade física é fundamental na prevenção e no combate ao problema, conforme alerta ao Mania de Saúde o profissional de educação física e personal trainer André Bianchi.
O motivo, segundo ele, é fácil de entender: o sangue sai do coração para levar oxigênio e nutrientes ao corpo. Por sua vez, a circulação, através das veias, num processo chamado de retorno venoso, direciona o sangue para as trocas gasosas no pulmão. E é no retorno do sangue ao coração que se concentra a maior parte dos problemas circulatórios, entre os quais as varizes. 
Uma pessoa sedentária possui um tônus muscular menor do que uma pessoa ativa. Desta forma, os músculos com menor capacidade de promoverem força acabam tendo menos alimentação sanguínea. A musculação ou qualquer outra atividade regula esse processo e faz com que os músculos precisem de mais aporte sanguíneo. Assim sendo, a melhora do tônus muscular por causa da atividade física resulta em uma melhora geral na circulação. Além disso, com a musculatura fortalecida, o indivíduo terá uma grande ajuda dos músculos no processo de retorno do sangue para o coração.
“Praticar exercício físico, superar o sedentarismo, é importante para qualquer pessoa. Isso traz um grande benefício para essa questão da circulação sanguínea. A musculatura fortalecida ajuda no retorno do sangue ao coração e melhora muitos quadros de saúde, incluindo aí as varizes”, comenta Bianchi.
Não há um treino específico para combater as varizes, mas, dentre as atividades físicas, é importante observar a intensidade e o volume dos treinos para evitar a sobrecarga. “As contrações excêntricas e concêntricas fortalecem a musculatura. O que precisa de atenção são os exercícios isométricos, que podem causar uma interrupção da circulação momentânea, o que não é ideal para quem sofre com as varizes”, afirma o profissional, destacando os exercícios de panturrilha. “A panturrilha pode ser considerada o ‘coração’ muscular, porque, além de auxiliar na postura e no equilíbrio do corpo, tem a função de bombear o sangue de volta para o coração. Então é preciso exercitá-la e fortalecê-la”.
A musculação, aliada a uma caminhada, melhora substancialmente a circulação, bem como diminui e previne as varizes. Somente casos mais extremos precisam de autorização médica para que se pratique musculação. Procure um profissional de educação física para um treinamento adequado e promova a saúde e o bem-estar!

Texto produzido em: 09/11/2017