Um dos fenômenos mais evidentes do mercado de trabalho atual é o número de jovens adultos empreendendo seu próprio negócio. Com a crise econômica que atingiu o Brasil nos últimos anos, seguir carreira em uma empresa pública ou privada deixou de ser prioridade para muitas pessoas. Elas decidiram aproveitar o momento de dificuldade para seguir os seus verdadeiros sonhos.
Foi o que aconteceu, em Campos, com as jovens Bruna Branco, Laiz Martins e Aldilla Santos. Elas trabalharam juntas em uma empresa, mas aproveitaram a saída do emprego para se reinventar. “Nós trabalhávamos numa indústria farmacêutica, que resolveu encerrar suas atividades. Com isso, tivemos que sair, só que o vínculo continuou e cada uma foi procurar o que já fazia antes ou investir naquilo que de fato gostava”, afirmam. “O resultado foi surpreendente”.
Aldilla Santos já atuava como fotógrafa quando ainda estava na empresa. Já Bruna Branco aproveitou a saída do emprego para investir no ramo de confeitaria, que sempre a atraiu. Laiz Martins, por sua vez, optou pela maquiagem, campo que também a interessava. E hoje, depois de muitos cursos e serviços prestados, as três amigas celebram o sucesso das novas profissões, que se uniram por ocasião do Dia dos Namorados.
Laiz conta como foi. “Eu ia alcançar mil seguidores no Instagram e pensei em fazer uma promoção. Entrei em contato com Aldilla para sugerir uma parceria e, assim, realizar um sorteio. Ela disse que estava chegando o Dia dos Namorados e também queria fazer algo diferente. Na mesma hora, lembramos da Bruna, porque ia ser muito interessante presentear alguém com uma sessão de fotos, maquiagem e um kit de doces. As ideias se encaixaram perfeitamente. Tanto que o sorteio bombou! Por coincidência, quem ganhou foi a Andréa Muniz, diretora do Mania de Saúde, que nos incentivou a manter esse tipo de ação”.
A proposta das três profissionais, hoje, é se diferenciarem. Bruna Branco conta que, no ramo de confeitaria, a concorrência é grande, mas o foco na qualidade faz toda a diferença. “Quando comecei, percebi que muitas pessoas, ao ficarem desempregadas, começam a fazer bombons, brigadeiros etc. Mas eu sempre quis ir além e, por isso, pesquisei bastante, fiz o curso e trabalho hoje com bolos e doces personalizados. Minha intenção é oferecer produtos de qualidade. Tenho seguido esse caminho e, felizmente, está dando muito certo”.
Laiz Martins também destaca a concorrência, mas lembra que o trabalho personalizado diferencia o profissional. “A maquiagem é um ramo competitivo, mas sempre há lugar para a beleza. Desde que comecei a atuar na área e a fazer cursos, percebi o quanto as pessoas se sentem bem quando fazem uma maquiagem profissional. É preciso, então, realizar um trabalho cada vez mais personalizado, o que me motiva a investir na profissão”, diz ela. 
Aldilla Santos já atua há três anos como fotógrafa e conta que, mesmo em um mercado disputado, é possível se destacar. “Atualmente, muitas pessoas têm investido em fotografia. Mas o mais importante é procurar um diferencial, fazendo cursos e workshops para se especializar cada vez mais, não só no olhar como fotógrafo, mas também na forma de atuar, de dirigir e de editar, para que seu trabalho se sobressaia no mercado”.
A ideia de Bruna, Laiz e Aldilla, agora, é continuar fazendo cursos e especializações e, claro, manter a parceria em ocasiões especiais. “A gente quer realizar novos sorteios porque o sucesso foi muito grande. Com certeza traremos em breve muitas novidades”.
Texto produzido em: 20/06/2018